Idosa da casa de repouso. Mais uma vítima suspeita da Covid

Imagem ilustrativa

A Secretaria de Saúde de Nova Odessa aguarda os resultados dos exames de duas mulheres com mais de 80 anos que morreram entre a tarde de terça-feira (22) e a madrugada desta quarta (23), na Unidade Respiratória da cidade. Uma delas morava na casa de repouso do bairro Residencial Lopes Iglesia, onde foi detectado um surto de coronavírus em julho, com 16 pessoas contaminadas. Cinco delas morreram. O município registrou um novo caso positivo (homem de 63 anos, morador do Jardim Monte das Oliveiras) e tem 799 infectados, incluindo 37 óbitos e 351 curados.

O primeiro óbito ocorreu por volta das 15h de terça-feira. A paciente, de 83 anos, morava no Jardim Santa Luiza e tinha problemas cardiovasculares. Ela estava internada desde o último sábado (19). A outra morte foi atestada pela equipe médica da Unidade Respiratória na madrugada desta quarta. A idosa de 82 anos residia no lar de idosos, era pré-diabética, tinha doença cardiovascular e recebia cuidados médicos desde segunda-feira (21).

Foi a sétima morte na casa de repouso entre julho e setembro. Além desse caso em investigação, cinco óbitos – de residentes do local – receberam confirmação de Covid-19 e um teve resultado negativo. Ao todo, 11 idosos e cinco funcionárias testaram positivo para a doença. A casa está isolada sob monitoramento da Vigilância Epidemiológica. 

O boletim atualizado nesta quarta aponta 2.312 notificações no município, 369 pacientes em isolamento domiciliar, 67 internados (um na Unidade Respiratória), entre casos confirmados e suspeitos, 829 testes com resultados negativos, 50 casos em investigação, incluindo seis óbitos, e 52 pacientes com síndrome gripal em acompanhamento clínico.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE