IBM tem curso de capacitação para pessoas com deficiência

A Digital House, uma das principais escolas com foco no desenvolvimento de habilidades digitais, desenvolveu em parceria com a IBM (International Business Machines Corporation) um programa de capacitação tecnológica, 100% remoto, voltado para pessoas com deficiência. Voltado para o público da cidade de Campinas e região, o IBM PcDevs é direcionado aos interessados no curso de Desenvolvimento Web Full Stack. Ao todo, serão 30 selecionados para a iniciativa; a ideia da IBM é reter alguns desses talentos ao fim do curso.

Para participar, é necessário ser residente na região de Campinas, por conta da demanda de vagas da IBM e possuir algum tipo de deficiência (com enquadramento na Lei de Cotas). As inscrições, juntamente com um teste de lógica, poderão ser realizadas entre os dias 04/08 e 01/09. Em seguida, os candidatos terão do dia 03 até o dia 30/09 para realizar um desafio online. A divulgação dos aprovados será feita nos dias 01 e 02/10, e entre os dias 05 e 16/10 serão feitos os agendamentos das entrevistas e as matrículas no programa, tendo as aulas início previsto para o dia 27/10.

“Sabemos da importância do investimento na capacitação de profissionais em tecnologia e acreditamos que a competência técnica da Digital House somada à nossa experiência com a inclusão de profissionais com deficiência revelará oportunidades e experiências sem precedentes”, diz Adriana Ferreira, líder de Diversidade & Inclusão para a IBM América Latina.

“A parceria do IBM PcD Universidade e a Digital House tem um grande impacto social e por meio da educação de qualidade capacitará talentos com pouca ou nenhuma oportunidade de desenvolvimento. Trabalhamos baseados em quatro pilares: Profissão, Mercado de Trabalho, Empreendedorismo e Inclusão. Esses alunos vão aprender uma profissão tendo acesso à  toda metodologia Digital House e, ainda, todo suporte na carreira profissional para conquista das primeiras oportunidades de trabalho e poderão participar de um processo seletivo na IBM, conseguindo traçar um projeto de vida, concreto e sustentável.”, declara Edney “Interney” Souza, diretor acadêmico da Digital House.

Os selecionados serão capacitados para trabalhar em empresas de todos os tamanhos e segmentos que precisam de sites ou sistemas web. De acordo com dados recentes da plataforma de recrutamento Revelo, a demanda por desenvolvedores Full Stack aumentou 169% entre 2018 e 2019. Isso é justificado pela a versatilidade desses profissionais, que são capazes de atuar tanto no Back End quanto no Front End. Mais informações no site da Digital House.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE