Helena cobra Macris por reforma da previdência

A presidenta do SEAAC de Americana e Região, Helena Ribeiro da Silva e a diretora da Secretaria de Administração e Finanças, Gislaine Sacilotto, foram recebidas hoje à tarde em audiência pelo Deputado Federal Vanderlei Macris (PSDB). Helena levou ao deputado suas preocupações com as reformas trabalhista e da previdência, solicitando sua intermediação junto à bancada do PSDB para incluir emendas aos projetos, que aperfeiçoem propostas que estão sendo formuladas sem a devida atenção à classe operária.

Helena disse que entende a necessidade de reformas,  ???mas que elas sejam feitas com critérios que não prejudiquem os trabalhadores???. Para a sindicalista, ???do jeito que as reformas estão sendo tocadas, haverá uma avalanche de demandas judiciais por desrespeito ao princípio do retrocesso social???. Citou, no caso da reforma trabalhista, proposituras problemáticas como o intervalo entre jornadas, contrato por hora, remuneração por produtividade e a questão do contrato temporário.
Helena mostra-se preocupada pela supressão de direitos e extensão do tempo para aposentadoria. Exemplificou o caso das mulheres, trabalhadores rurais e professores que perderiam a condição atual, mesmo se tratando de casos que devam ser tratados de forma diferenciada. ???As mulheres tem tripla jornada. Os trabalhadores rurais são sujeitos ao trabalho exposto ao sol, à chuva e manuseio de defensivos tóxicos. Os professores tem uma rotina estressante ao lidar com o grande número de alunos. Não podem perder as pequenas vantagens conquistadas???.
O Deputado Macris colocou seu Gabinete à disposição do SEAAC e solicitou uma síntese das principais propostas defendidas e rejeitadas pelo sindicato, pela Federação dos Empregados de Agentes Autônomos do Comércio (FEAAC) e pela CNTC (Confederação Nacional dos Trabalhadores do Comércio).

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE