Harteman rebate artigo de Antoniassi

Ainda sobre a polêmica Rio Branco o Jornalista Gustavo Antoniassi tenta na condição camuflada de apaixonado pelo Clube tecer duras criticas ao Prefeito Omar Najar em um artigo de opinião. 
O nobre colega é apenas mais um que tenta de forma ardilosa transformar o clube em palco de discussão politica para tirar proveito de forma politiqueira na tentativa de ressuscitar defuntos na politica Americanense, talvez ainda inconformado e com certa magoa da virada na Politica de nossa cidade. Mas deixando o cenário da politica de lado, vamos tratar aqui de Rio Branco conforme nos convida a debater e pensar o Jornalista em seu artigo de opinião. 
Como pessoa influente que era dentro do Governo anterior, chegando a ser cargo comissionado e ligado ao ex Prefeito poderia nos informar os números exatos do que foi aplicado de verba e apoio ao amado Clube Americanense, de que forma foi bem empregado esse dinheiro e a receita que ele sugere do quanto cada um de nós contribuintes deveríamos colaborar com a receita do Clube, para que o Prefeito tirasse de nossos impostos para beneficia-lo. 
Convido o nobre amigo a ir comigo ao Hospital Municipal e conversar com pessoas que estão aguardando próteses e cirurgias, outros na expectativa de projetos que ficaram parados no tempo, ainda aos amantes da Cultura de nossa cidade e mostrar a triste realidade que se encontra o nosso Teatro, até o Parque Ecológico e ouvir as suas opiniões o que se fazer ou o que priorizar num situação que a cidade encontra-se falida, por razões que daria mais um extenso e proveitoso debate. Dizer que o Prefeito ao mencionar tudo isso é demagogo, é ter um senso de total inversão de valores e aí sim devo dizer que politiqueiros são aqueles que tentam usar o Rio Branco como trampolim politico como se viu nos últimos anos. Não acredito que nem mesmo os que amam de verdade esse clube, não compreendam a situação da triste realidade que está e vive Americana nos dias de hoje. Em tempo ainda me entristece saber que não vi nenhum artigo de opinião do Jornalista, para criticar o Governo Americanense quando trouxeram um outro time para a cidade numa parceria no minimo estranha e confusa, deixando na época o Rio Branco relegado a segundo plano, tendo esse até que treinar no horrível campo do Centro Cívico,porque o Estádio Décio Vitta era priorizado para o outro clube, numa parceria que também terminou de uma forma estranha e confusa, o que fez o nobre amigo e outros a lembrarem que Clube e time de Americana era um só: 
O Rio Branco e glorioso Tigre que nem merece estar nesse momento sendo alvo de discussão e usado para debates com fins politiqueiros, embora eu e tantas pessoas ainda continuamos curiosos de saber o valor e a forma que foi empregado alguns “milhões” na gestão anterior que o Senhor fez parte e sempre elogiou. Se o Omar merece ser criticado por algum desprezo ao Rio Branco que o senhor aponta, podemos debater também sobre o desprezo pelo dinheiro público e saber sua importante opinião sobre o que pensa a respeito de cargos comissionados até de jornalistas fantasmas. Tenho certeza que o seu amor ao Rio Branco vem do amor que você sente por Americana. Ou não…?
Marcelo Harteman, chefe da comunicação da prefeitura de Americana

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE