Edit

Guru da pandemia nega acusações de estupro. Atendia na região

do G1Campinas- Réu pelo estupro de pacientes, o terapeuta Tadashi Kadomoto divulgou um vídeo em suas redes sociais em que nega as acusações e diz ter se afastado de suas atividades. A postagem foi feita na madrugada desta segunda-feira (12), após a Justiça aceitar denúncia contra ele.

O terapeuta é acusado por uma ex-aluna. A equipe da GloboNews foi procurada por outras mulheres que também se dizem vítimas dele.

Kadomoto é conhecido como “guru da meditação na pandemia”. Suas lives em redes sociais costumam atrair milhares de seguidores com mensagens de autoconhecimento. Ele também atua há quase 30 anos fazendo terapia transpessoal, que usa hipnose, meditação, regressão e relaxamento.

As transmissões de meditações, programadas para as 20h e 6h, não ocorreram na noite deste domingo (11) e na manhã desta segunda (12).

Antes de se manifestar publicamente, a defesa de Kadomoto havia divulgado nota afirmando que o terapeuta “em toda a sua reconhecida trajetória profissional, jamais recebeu solicitação de esclarecimento sobre qualquer fato e nenhuma denúncia formal até o momento”.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE