Guarani bate XV de Piracicabe e sobe no Paulista

O Brinco de Ouro da Princesa reviveu uma noite de glória nessa quarta-feira. Lotado, com o ídolo Careca nas numeradas, como há muito tempo não se via, o tradicional estádio de Campinas explodiu em festa depois da vitória do Guarani por 1 a 0 em cima do XV de Piracicaba. O triunfo coloca o Bugre na grande final do Campeonato Paulista da Série A2 e, mais que isso, garante o retorno do Guarani à elite do futebol paulista em 2019 desde o rebaixamento da equipe, em 2013. O Oeste, que despachou o São Bernardo na outra semifinal, será o adversário dos campineiros.
Ao time de Piracicaba, depois do empate sem gols em casa e do revés dessa quarta no segundo jogo da semifinal, resta apenas a frustração de um clube que realizou campanha memorável, inclusive com vitória em cima do Guarani no mesmo Brinco de Ouro da Princesa durante a primeira fase.
Apesar de uma recepção cinematográfica, os jogadores do Bugre não conseguiram driblar o nervosismo e ansiedade no primeiro tempo da partida. O XV, por outro lado, se mostrou frio e concentrado.

Em compensação, faltou tranquilidade para Fabinho abrir o placar logo aos três minutos de jogo, quando a bola sobrou para o jogador visitante cara a cara com o goleiro Bruno Brígido. Fabinho bateu para fora no momento que o estádio silenciou por alguns segundos.
A resposta dos mandantes só apareceu aos 42 minutos, em chute cruzado de Erik que raspou a trave de Samuel Pires. E foi só na primeira parte do confronto.
Tudo bem diferente da etapa final. Com os ânimos mais controlados, o Guarani conseguiu o que queria no segundo tempo. Com apenas dois minutos, Ricardinho chegou de trás como elemento surpresa estufou as redes para soltar o grito entalado na garganta dos bugrinos.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE