Grávida morre atropelada por ônibus

Grávida, Jéssica Cynthia Silveira, 22, morreu atropelada por um ônibus metropolitano em Hortolândia na manhã de ontem. Ela estava na garupa da moto do marido quando, na Rua Cerejeiras, o coletivo fez a curva, derrubou o casal e passou por cima da cabeça da jovem, que morreu na hora. O motorista foi acusado pelo viúvo de não dar seta antes de virar e causar o acidente. ?? polícia, o condutor disse ter sinalizado a virada e que a moto entrou no “ponto cego”.
O acidente aconteceu por volta de 9h40 no cruzamento das ruas Eliza Laurindo e Cerejeiras, no Jardim Santana, quando o marido de Jéssica, Emerson de Carvalho Correia, 23, a levava para o trabalho. Os dois veículos estavam na Eliza Laurindo, o ônibus na faixa da direita e a motocicleta na da esquerda, quando o veículo maior virou para a esquerda colidindo com a moto. O piloto caiu para um lado e Jéssica caiu embaixo do ônibus e foi atropelada pela roda traseira do veículo.

Por meio de nota, a EMTU (Empresa Metropolitana de Transporte Urbano) informou que o veículo não estava em operação de linha no momento do acidente. 
Segundo o delegado de Hortolândia, Luis Antônio Loureiro Nista, o motorista disse que a motocicleta saiu da direita e foi para a esquerda quando ele iniciou a curva e entrou em um ponto cego. O delegado determinou ainda oitivas para ouvir uma testemunha que teria visco o acidente e o viúvo de Jéssica. (TodoDia)

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE