Grávida acusa marido de dar socos na barriga

A empregada doméstica M.L.S., 33, grávida de oito meses, foi agredida pelo companheiro, o construtor E.M.S., 25, com socos na barriga, na noite de anteontem, em Sumaré. A agressão aconteceu após ela não deixar o construtor dirigir, pois estaria embriagado.

De acordo com a polícia, o homem tinha ingerido bebidas alcoólicas durante a tarde e, quando chegou em casa à noite, quis sair com o carro. A mulher interveio e pegou as chaves para impedi-lo. Foi nesse momento que ele teria começado a agredi-la, com tapas no rosto e socos na barriga, diz ela.
A vítima foi atendida pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e encaminhada à UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Macarenko. Segundo o registro, não houve lesões e o feto está estável. Entretanto, mesmo após a agressão, a doméstica relatou no BO que o companheiro é um homem trabalhador, que cuida dos três filhos dela e que o bebê que ela espera é dele.
Ainda de acordo com o registro policial, o homem nega que tenta agredido a companheira. Ele revelou ainda que pretende sair da casa onde vivem, no Parque das Nações, mas garantiu que assumirá a paternidade da criança. (TodoDia)

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE