Grupo do PT defende candidato próprio

A trajetória do Partido dos Trabalhadores de Americana sempre foi permeada, marcada por ter uma posição á esquerda no espectro politico do cenário Americanense. Em sua formação teve a filiação do saudoso prefeito Valdemar Tebaldi que adentrou  em nossas fileiras já eleito prefeito, nos tempos iniciais da fundação do nosso Partido. Nossa primeira eleição o programa de TV não podia ser ao vivo e um locutor fazia a narrativa em cima das fotos dos candidatos, geralmente homens barbudos, na maioria lideranças sindicais e comunitárias. Nossas bandeiras principais eram terra , trabalho e liberdade.
Nossas construções sempre foram em torno de bandeiras sociais, casa para o povo morar, escola pública de qualidade, atendimento médico e boa educação nas escolas e creches.
Enquanto as forças progressistas da cidade estavam unidas a cidade teve um desenvolvimento acima da media da região, uma cidade pujante, com um comércio forte e com indústrias em franco desenvolvimento, uma qualidade de vida que chegou a ser comparada á cidade Europeia de Londres.
Com a divisão das forças progressistas e com o rompimento do PT com o governo Erick abriu se um espaço para as forças mais conservadores se aproximar do governo e logo em seguida conseguir a vitória nas urnas com a ascensão do PSDB ,elegendo Diego de Nadai prefeito.
O que se viu foi a farra com o dinheiro público, com nomeações de funcionários e promoções exageradas inchando a máquina pública ,obras faraônicas super-faturadas ( Av. Brasil e Hospital Municipal), tentativas de vender as contas do DAE dos próximos 5 anos, usurpação dos fundos municipais, leilões direcionados de terras públicas, terceirizações do serviço público, em todas as áreas,amordaçamento dos meios de comunicações, repressão aos opositores com as forças de segurança publica e retalhamento do governo com os vereadores, e parcelas do judiciário, tornando se assim um poder único, o do gestor total sobre os três poderes municipais, tendo o Deus Dionísio como parceiro.
Após seis anos de desgoverno que deixou a cidade com dividas em torno de R$ 1, 2 bilhoes de reais , o governo do PSDB tendo Diego como prefeito foi cassado por caixa dois na campanha eleitoral.
E vejam um fato curioso que aconteceu, as forças de oposição eram PT e PMDB e na eleição suplementar o PMDB tendo Omar Najar como prefeito escolhe como seu Vice Roger Wilians do PSDB, mantendo na governança da cidade os mesmos que a arruinaram , os Deputados do PSDB Cauê e Vanderlei Macrises e do PV Chico Sardelli.
Os mesmos erros da gestão anterior que tanto eram criticados estão se repetindo um a um , falta de pagamento do Ameriprev, atraso nos salários dos funcionários, direcionamento de licitações, fechamento de postos médicos, falta de pagamento a fornecedores, abandono da zeladoria da cidade, buracos, lixos, matos, pragas e doenças e agrados a vereadores.
Isto mostra e prova que a administração não mudou ,???continua tucana??? , com todas suas mazelas e os malfeitos não foram apurados apesar do atual prefeito ser um homem honesto.
Só existe um caminho, discordar de tudo isto ou seremos cúmplices?
Temos que fazer a autocritica e reconhecer que a divisão das forças progressistas abriram espaço para o conservadorismo, manter as capitanias hereditárias.Precisamos construir uma alternativa diferente de tudo que temos visto ate agora em nossa cidade, recuperar o tempo perdido em longos devaneios.
Se unirmos as forças políticas dos partidos PT, PDT, PcdB, PSL, PTN , PEN, PRB, REDE, PsOL, Sindicatos, associações, ONGs, mídias imparciais e alternativas, lideranças comunitárias e religiosas, movimentos culturais e começar a escrever um projeto, um programa alternativo ao que esta colocado ate o presente momento para nossa cidade, começamos a ver uma luz no fim do túnel.
Americana tem jeito e tem que ter a nossa cara, a cara do povo trabalhador que sempre foi.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE