Grupo de Kifu lança campanha anti vandalismo

O grupo de amigos de Santa Bárbara d´Oeste, denominado Tamojunto lança, neste início do mês de agosto, a campanha de conscientização contra atos de vandalismo a prédios públicos e particulares. Com o intuito de conscientizar as pessoas dos riscos ao danificar prédios e bens públicos ou particulares, a campanha denominada “Vandalismo só atrasa o lado” está sendo idealizada pelo grupo e traz mais informações e telefones para que a população também denuncie atos de vandalismo flagrados no município.
De acordo com o grupo, a ideia é inibir a deterioração de espaços públicos, áreas verdes e bens privados, orientando a população para ajudar os órgãos públicos na fiscalização. A gíria “atrasa o lado”, que intitula a campanha do grupo, é conhecida nas ruas por pessoas que só tem ideias ou ações distorcidas e que não levam a lugar nenhum. No material de divulgação, o grupo lembra que toda vez que prédios ou bens públicos são danificados o dinheiro público é utilizado duas ou mais vezes para realizar os reparos e manutenção, gerando mais gastos com o dinheiro público.
O Código Penal brasileiro considera o vandalismo crime, e o autor do delito fica sujeito a prisão e multa, por danos ao patrimônio público. A pena varia de seis meses a três anos de detenção quando pego ao destruir, inutilizar ou deteriorar coisa alheia contra o patrimônio da União, Estado, Município, empresa concessionária de serviços públicos ou sociedade de economia mista.
O grupo Tamojunto é conhecido por promover eventos beneficentes envolvendo o futebol e música. Além dos eventos solidários que envolvem a atenção dos jovens através do esporte e da música, o grupo de amigos se organizam para promover campanhas de conscientização para o bom convívio e ordem da municipalidade, de acordo com Júlio César, mais conhecido como K,fú, um dos coordenadores do grupo voluntário.
Segundo a Guarda Municipal, os atos mais frequentes e registrados em prédios públicos em Sta Bárbara d´Oeste são: depredações a vidros, grades de proteção e portas e pichações. Todas as informações fornecidas pelo grupo no material de conscientização são baseadas em informações recebidas diretamente da atual Administração Municipal barbarense.
Inicialmente a campanha será feita através das redes sociais e meios de comunicação interessados, e caso tenham apoio para confecção de material,  posteriormente cartazes serão confeccionados para divulgação em prédios públicos e comércio local.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE