Grupo contra casamento gay protesta em Paris

Milhares de manifestantes contra o casamento gay participaram de uma manifestação no centro de Paris ontem (26). Eles marcharam em protesto contra uma lei impopular que o governo aprovou no mês passado ao custo de um aprofundamento da polarização política.
A histórica Esplanada dos Inválidos tornou-se um mar de manifestantes com bandeiras cor-de-rosa e azul, enquanto manifestantes de extrema-direita penduraram um cartaz na sede do partido governista da França, o Partido Socialista, pedindo a renúncia do presidente François Hollande.
Os protestos, que começaram como uma campanha popular fortemente apoiada pela Igreja Católica, tornaram-se um movimento maior com políticos da oposição e militantes da extrema-direita descontentes com Hollande.
Apesar de apenas pouco mais da metade dos franceses apoiar a lei que permite o casamento de homossexuais e a adoção de crianças, e mais de 70 por cento acreditarem que os protestos deveriam acabar, as manifestações contribuíram para as baixas taxas de popularidade de Hollande.
Embora não tenha conseguido evitar a aprovação do casamento gay, o movimento espera que a demonstração de força interrompa ou retarde outras leis que permitem a procriação assistida e as mães de aluguel para casais gays, que alguns socialistas buscam aprovar.
O ministro do Interior, Manuel Valls, mobilizou 4.500 policiais para garantir a segurança da manifestação. “Tememos medo de alguma ação por parte de grupos de extrema-direita”, disse o ministro, no sábado. “Aconselho as famílias com crianças a não aderirem a esta manifestação.”
(Reuters)

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE