Governo SP lança aplicativo para cadastro de produtor rural

Produtores de todo o Estado de São Paulo já podem fazer o cadastro de suas propriedades no aplicativo “Rotas Rurais” lançado pela Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, por meio do Instituto de Economia Agrícola (IEA-APTA), nas plataformas Android e IOS. O lançamento dos aplicativos ocorreu hoje, 14/05, em Pardinho, segundo município paulista que receberá endereços 100% digitais de todo o seu território.

O aplicativo vai permitir que o agricultor faça um pré-cadastro de sua propriedade indicando o tamanho do terreno e a localização. O endereço digital será validado, posteriormente, pelos técnicos da Secretaria de Agricultura e Abastecimento que farão o trabalho de campo. Saiba mais nesse vídeo: http://youtu.be/ETNz9qzJHTo.
Acesse aqui o podcast sobre o tema: http://anchor.fm/saa-sp/episodes/TEMA-DE-HOJE-Rotas-Rurais-e10sf9s

Após baixar o aplicativo e se cadastrar, o usuário será consultado sobre o interesse em ajudar o agronegócio paulista, caso responda sim, poderá participar da atualização da base de dados da Secretaria de Agricultura. Com esses dados, os técnicos da Pasta poderão desenvolver estudos e ajudar na elaboração de políticas públicas para benefício do produtor. É importante lembrar que as informações são confidenciais e nunca serão usadas para fiscalização do usuário ou das propriedades. O produtor poderá conferir o termo de confidencialidade quando baixar o aplicativo.

Segundo o secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Gustavo Junqueira, os aplicativos são mais uma entrega tecnológica dos Institutos de pesquisa ligados à Pasta neste ano. “O Rotas Rurais é fruto de um ano e meio de pesquisas lideradas pelo IEA, da Secretaria de Agricultura. Foram investidos grandes esforços científicos para que o projeto possa oferecer não apenas o endereço digital e roteamento das estradas da área rural, mas a construção de uma plataforma que poderá orientar tanto as pesquisas quanto a elaboração de políticas públicas para o agro paulista. A ideia é que o projeto traga uma série de ferramentas que juntas ofereçam mais cidadania no campo”, afirma.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE