Edit

Gov Omar volta atacar Rezende, que rebate

Esta sexta-feira foi palco de mais um round da batalha promovida pelo governo Omar Najar (PMDB) contra o vereador Welington Rezende (PRP), que se prontificou a arrumar uma ambulância da prefeitura, a entregou e aparentemente fez renascer a fúria do prefeito. A pref acusa WR de ter entregue a ambulância sem condições de uso. O vereador conta que tem tudo documentado (inclusive com a assinatura do prefeito). 
Pelos discursos, histórico e documentos, WR parece estar com a razão e a prefeitura parece agir de acordo com a impetuosidade (bile) incoerente de seu chefe mor. Abaixo as duas notas, primeiro a de WR e depois a da prefeitura. 
As peças que foram compradas e trocadas (rolamentos e bateria) pela empresa doadora estão previstas em termo de doação assinado pelo prefeito, Sr. Omar Najar. A necessidade das peças mencionadas fora de contrato não foi informada pelos responsáveis pela Garagem Municipal, visto ser deles a responsabilidade de tal comunicação.
LEIA MAIS- Análise. Omar erra ao atacar Rezende 

?? lamentável o Executivo, principal interessado e responsável pela prestação do serviço público, ter emitido nota de caráter autoritário, ameaçando a retirada, às pressas, da ambulância da empresa doadora, que poderia consertar os demais itens somente agora apontados, inserindo-os em um novo termo de doação assinado entre empresa e prefeito.Tratam-se de peças básicas, que pela arbitrariedade do Executivo, a empresa sequer conseguiu oferecer os novos serviços. Todo esse tumulto de constantes ataques não colaborou em nada com a melhoria da saúde pública, pelo contrário, afugentou uma empresa parceira que idoneamente se propôs a ajudar sem qualquer ônus a municipalidade.
Sobre não ser essa ambulância apta ao serviço de 192 deve-se fazer constar que ela possui estampado em suas laterais o emblema do serviço 192, que na gestão anterior era usada para tal fim.
No mais, este dilema não deve prosperar, já que o único objetivo da doadora foi ajudar. Esbravejar, emitir notas críticas, perfilar ambulâncias que não são do serviço de 192, duvidar da minha capacidade profissional, não vão suprir o déficit de ambulâncias de Americana, alvo de inquérito do Ministério Público Estadual.


Nota da prefeitura- AmbulânciaEm relação à ambulância (placas – DBS 7423), a qual havia sido encaminhada para conserto pelo vereador Wellington Rezende, este veículo foi devolvido à Secretaria de Saúde sem condições de uso, já que está faltando limpador de pára-brisa e estepe, além de maçaneta de uma das portas quebrada. O veículo ainda está com uma bateria de 70 amperes, quando a ideal é de 95 e falta ainda trocar o óleo do motor.Diante disso, a viatura não poderá circular de imediato, pois necessitará das trocas e consertos referentes aos itens mecânico e de segurança, para poder estar em condições de atender a população. A Secretaria de Negócios Jurídicos fará uma notificação ao vereador Wellington Rezende apontando os problemas identificados.Ressalta-se ainda o fato de que esta viatura não poderá ser utilizada no transporte de urgência e emergência (setor 192), pois a prancha usada na imobilização de pacientes não adentra o respectivo veículo, portanto, ela será mantida no transporte comum, a exemplo das que estão hoje realizando o transporte social.
Quanto à equipe do setor 192, esta vem sendo readequada conforme a disponibilidade de funcionários. No início de agosto foram transferidos dois servidores para auxiliar nos atendimentos telefônicos, o que tem resultado em menor tempo de resposta sobre as chamadas realizadas ao setor.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE