Google, Facebook e Microsoft negam acesso irrestrito dos EUA

Representantes do Google, da Microsoft e do Facebook negaram ontem (15), no Senado, que as empresas tenham dado ao governo dos Estados Unidos “acesso irrestrito” ou “de grande escala” a informações de seus clientes. Eles participaram de audiência pública para debater as denúncias de espionagem norte-americana a e-mails e ligações telefônicas de brasileiros. 

Conforme divulgou a Agência Brasil, o gerente de Relações Governamentais do Facebook no Brasil, Bruno Magrani. informou que não houve nenhum acesso em grande escala e que até fim do ano passado, 0,00002% das informações solicitadas ao FB foi requisitado por autoridades norte-americanas. 
O diretor de Políticas Públicas do Google Brasil, Marcel Leonardi, e o diretor-geral Jurídico e de Relações Institucionais da Microsoft Brasil, Alexandre Esper, também tiveram mesmo posicionamento.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE