Edit

Gol começa a demitir funcionários que não se vacinaram

A Gol Linhas Aéreas começou a demitir funcionários que não apresentaram o certificado de vacinação contra a COVID-19, em novembro. A companhia aérea já havia anunciado em agosto que tomaria essa medida. Para a empresa, a atitude se deve a um compromisso com a saúde pública, a proteção dos passageiros e da população em geral.

Segundo o jornal Folha de São Paulo, a companhia declarou que mais de 99% de seus funcionários estão com a imunização completa.
“Este número revela o claro engajamento do público interno da companhia em uma atitude de cuidado com a própria saúde, de seus familiares, colegas de trabalho, clientes e de toda a sociedade”, disse a empresa, por meio de nota.
A Gol afirmou ainda que a decisão de requerer o comprovante de vacinação dos funcionários faz parte do reforço aos demais protocolos de segurança adotado pela empresa desde o início da pandemia.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE