GM Nova Odessa flagra caminhoneiros malandros

Motoristas de duas carretas foram autuados na manhã desta quarta-feira, dia 19, por direção perigosa e desobediência. Eles passaram por ruas de Nova Odessa onde o tráfego de caminhões é proibido com as placas cobertas com papelões. Ao serem flagrados, não obedeceram a determinação dos agentes de trânsito e fugiram pelas rodovias Arnaldo Júlio Mauerberg, Anhanguera e Luiz de Queiroz. Um terceiro motorista, que estava em outro caminhão, conseguiu fugir. A Guarda Civil Municipal de Nova Odessa, com apoio da Gama (Guarda Armada Municipal de Americana) e da Guarda Civil Municipal de Santa Bárbara d’Oeste, perseguiu os suspeitos, que foram detidos na base da Polícia Rodoviária em Piracicaba. Eles foram multados e tiveram penalidades aplicadas em suas CNHs (Carteiras Nacional de Habilitação).
A ação teve início às 9h30 de quarta-feira, quando as câmeras de videomonitoramento apontaram que três carretas trafegavam no Jardim São Jorge, com as placas cobertas. A via em que estavam integra a ZMRC (Zona de Máxima Restrição de Circulação), que proíbe a circulação dos veículos em determinadas vias e avenidas, impedindo assim que o Município seja usado como rota de fuga do pedágio do quilômetro 118 da Rodovia Anhanguera.
Agentes de trânsito foram acionados e abordaram os motoristas no Jardim Flórida no momento em que pararam para retirar os papéis das placas. Ao serem informados sobre a legislação e orientados a aguardar a chegada da Guarda Civil Municipal, os motoristas iniciaram a fuga. Na tentativa de fuga, um dos motoristas quase atropelou o diretor de Segurança de Trânsito, Franco Júlio Felippe, que acompanhava a ocorrência.
Eles seguiram pela Rodovia Arnaldo Júlio Mauerberg e Rodovia Anhanguera e acessaram a Rodovia Luiz de Queiroz. Os guardas de Nova Odessa iniciaram perseguição e contaram também com apoio da Gama e Guarda de Santa Bárbara d’Oeste.
Durante o trajeto, os motoristas das carretas fugiram em alta velocidade, não obedecendo os sinais de parada. Segundo informações registradas no TCO (Termo Circunstanciado de Ocorrência), eles também tentaram “jogar” as carretas nas viaturas, colocando em risco a vida dos guardas e dos outros motoristas que passavam pelas rodovias.
Os motoristas foram parados na base da Polícia Rodoviária de Piracicaba, na Rodovia Luiz de Queiroz. Um dos motoristas conseguiu fugir, sendo que dois foram abordados e identificados. Os dois envolvidos, de 45 e 48 anos, afirmaram que vieram da cidade de Santa Adélia (SP) para descarregar uma carga de açúcar em Sumaré e não souberam explicar o por quê não obedeceram os sinais de parada.
O diretor de Segurança de Trânsito afirmou que um dos motoristas foi multado em R$ 617 e recebeu 25 pontos na carteira de habilitação. O outro recebeu multa de R$ 702,31 e 29 pontos na CNH. “Eles desobedeceram os nossos pedidos de parada e colocaram a vida dos motoristas em risco ao dirigir de forma tão perigosa. ?? uma situação que não podemos permitir e felizmente conseguimos detê-los e identificá-los”, disse.
Levantamento da Diretoria de Segurança de Trânsito apontou que este ano foram aplicadas 3.401 multas a motoristas que não respeitaram a lei que restringe o tráfego de caminhões. As multas ocorreram por transitar em local/horário não permitido pela regulamentação estabelecida.
Os dois motoristas foram liberados após registro da ocorrência e o caso seguirá sob investigação.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE