Giuliani vê projeto passar e ganha força

Pressionado ou alvo de muita boataria, o secretário de Cultura de Americana Fernando Giuliani ganhou novo fôlego ao ver seu novo projeto sobre verbas para artistas ser aprovado esta quinta-feira na primeira sessão dos vereadores da Câmara.
TEM AT?? LISTA- Aparentemente, os ver.s não indicam ter grande interesse na queda de Giuliani, mas a boataria é forte desde a virada do ano com até uma lista com 4 nomes de ‘demissionáveis’ circulando. Um manifesto feito ano passado tentou pressionar Giuliani para flexibilizar o projeto.
Foi aprovado o projeto de lei nº 3/2019, de autoria do Poder Executivo, que dispõe sobre a concessão de incentivos financeiros destinados à execução de projetos culturais e estabelece a reestruturação do Conselho Municipal de Cultura e do Fundo de Assistência à Cultura.
A propositura recebeu treze votos favoráveis, três contrários e duas abstenções em primeira discussão, após ter sido incluída na pauta da Ordem do Dia em regime de urgência. A legislação autoriza a concessão de incentivos financeiros, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo, destinados à execução de projetos culturais, estipulando as regras para a elaboração do edital de seleção dos projetos e os critérios a serem seguidos, bem como a obrigatoriedade de prestação de contas. Convênio com o ProconO projeto de lei nº 2/2019, de autoria do Poder Executivo, que autoriza a celebração de convênio com o Procon (Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor), foi aprovado por unanimidade em primeira discussão, após ter sido incluído na pauta da Ordem do Dia em regime de urgência. A propositura renova o convênio já existente com o órgão para a execução do Programa de Proteção e Defesa do Consumidor no município.
Pedido de vista tranca a pautaUm pedido de vista formulado pela vereadora Maria Giovana (PC do B) ao projeto de lei nº 106/2018, de autoria do Poder Executivo, relacionado na pauta da Ordem do Dia em regime de prioridade, impediu a votação dos demais projetos.
A propositura do Executivo dispõe sobre a responsabilidade pela coleta, transporte e disposição final ambientalmente adequada de resíduos sólidos da categoria 2A (materiais orgânicos) gerados em grande quantidade por estabelecimentos comerciais, indústrias e outros. Após um debate de mais de meia hora, que contou com a apresentação de diversas emendas, a vereadora Maria Giovana solicitou o primeiro pedido de vista. ???Considerando que fica clara a necessidade de melhor discussão da proposta, peço o adiamento por uma semana???, disse.
Com o adiamento, os outros cinco projetos relacionados da pauta da Ordem do Dia também ficaram automaticamente adiados, pelo fato de o veto sobrestar a pauta ??? ou seja, os outros itens só poderiam ser votados caso o mesmo fosse votado anteriormente.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE