Giuliani se afasta do governo envolto em mistérios

Secretário de Cultura de Americana e ‘condutor’ do processo político do MDB, partido do prefeito Omar Najar, Fernando Giuliani decidiu se licenciar do comando do partido. Nos corredores da prefeitura e do CCL, as versões são do ‘ele vai cuidar da empresa’ ao ‘saiu antes que a intervenção seja efetivada’.

O MDB está sob intervenção da direção estadual, mas mesmo assim segue com candidato a prefeito- o agora ‘presidente local interino’ vereador Alfredo Ondas.

O juiz da 158ª Zona Eleitoral de Americana, Márcio Roberto Alexandre, rejeitou, na quarta-feira, pedido de liminar solicitada pelo MDB para retomar o controle do partido. O magistrado afirmou que vai esperar o diretório estadual deve se manifestar na ação.

ESPERANÇA A ONDAS– Roberto Alexandre decidiu que a intervenção da estadual, por ora, não inviabiliza a participação do partido nas eleições. O prazo para que o diretório estadual apresente documentos que justifiquem a destituição termina no começo desta semana.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE