Geraldinho Ras testemunha vida na cadeia

Preso há três meses acusado de tráfico de drogas, o líder religioso Geraldinho Ras enviou ao NM um relato de como está a situação na cadeia. Líder da igreja Niubingui Cóptic de Sião, Ras afirma que sofre perseguição religiosa.
Abaixo relato de Ras vindo de sua namorada, Marlene:

Nosso Ras Geraldinho está usando toda a gentileza e amor ao próximo enquanto está no presídio.
Ontem ele enviou uma mensagem a todos nós:
“Salve todos os irmãos de fé. Jah Rastafari!
Eu e eu estamos passando por estes momentos de provação que deve ser compreendido e analisado com clareza: o sistema está mais violento do que nunca!
Quanto mais próxima nossa vitória parece, mais brutal esta máquina de controle, que chamo de “real matrix” se apresenta.
Não podemos baixar guarda de maneira nenhuma!
Nossa luta é legítima, mas o preço que estamos pagando é alto demais.
Venho render minhas homenagens a todos os irmãos que passaram ou passarão pelos porões desta ditadura que nos oprime por lutarmos pelos nossos direitos.

Afirmo isto por estar sentindo na pele e na mente.
Hoje posso testificar minha condição de prisioneiro político.
Infelizmente, a fé depositada por mim na Democracia Brasileira está extremamente abalada.
“Brasil, Democracia laica de uma figa!
Que Jah nos proteja.
(Relato escrito dentro da prisão).

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE