Gato transmite novo coronavírus?

Um debate deve movimentar a semana na região e no país. Os gatos transmitem o novo coronavírus? Devemos prender os bichanos em casa? Segundo o professor Paulo Eduardo Brandão, do Laboratório de Zoonoses Virais da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ) da USP, ainda não há motivos para tanto alarde.
Ao comentar um artigo que saiu na revista Nature, ele disse que “negaria a publicação???.
Mesmo assim, uma campanha que se acelerou no final de semana nas sociais pede para que as pessoas ‘prendam’ seus gatos em casa.
Brandão constatou uma série de falhas na metodologia usada, o que, para o professor, invalida as conclusões apresentadas. Os experimentos mostraram que os gatos poderiam ser infectados e infectar outros felinos, assim como os furões, e não foram encontrados indícios de que cães, porcos, galinhas e patos poderiam se infectar.
O artigo foi disponibilizado no início desta semana no bioRxiv.org, um repositório de textos ainda não publicados em revistas científicas nem avaliados por pares, mas disponíveis para leitura.
Dada a atualidade do tema, a repercussão ???viral??? dos resultados foi aumentando no decorrer dos últimos dias, o que deixou o professor preocupado.
No dia 1º de abril, a revista Nature publicou uma notícia descrevendo o artigo, mas sem questionar as falhas. Aqui no Brasil, conta Brandão, o resultado da pesquisa era um dos principais temas discutidos por médicos veterinários em redes sociais. Para piorar, na quinta-feira, 2 de abril, um laboratório veterinário brasileiro já estava oferecendo testes para diagnóstico do SARS-CoV-2 em felinos, ???baseados nas fracas evidências trazidas pelo artigo???, conta Brandão, especialista em estudos de vírus, entre eles os da família dos coronavírus.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE