Garota de programa presa por extorquir cliente

Uma garota de programa foi presa nesta última quarta-feira (26) após chamar atenção da Delegacia de Repressão aos Crimes Cibernéticos de Pernambuco. Ela é acusada de extorquir um cliente por WhatsApp.
Iane Silveira Melo, de 22 anos, além de atuar como garota de programa usando o nome Nelice, também fazia trabalhos como modelo.

A mulher já havia sido presa em 18 de agosto, mas no dia seguinte recebeu liberdade provisória. Em sua página na internet, ela dizia cobrar R$ 200 por programa.
De acordo com as autoridades, a vítima agendou um programa com Iane em julho, mas não compareceu. Logo depois, a garota de programa teria adicionado o homem no WhatsApp e começado as ameaças.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE