Gama recebe cão da raça Bloodhound

A Guarda Municipal de Americana recebe um novo cão para compor a sua matilha junto à Romu Canil. Considerado um exímio farejador e com um olfato bastante apurado, o animal da raça Bloodhound, com 73 dias e doado pelo Chefe de Gabinete, Franco  Sardelli, chega à corporação nesta sexta-feira (5).

 

“A vinda dessa raça é inédita em Americana e região. O canil da Guarda Municipal de Americana, bem como os das corporações das cidades vizinhas, nunca teve um Bloodhound atuando nas ações contra a criminalidade. Será um incremento ao trabalho realizado pelo nosso canil, que já é uma referência junto aos profissionais da área de segurança”, afirmou o comandante da Gama, Marco Aurélio da Silva.

 

Ainda sem nome, a população poderá opinar nas redes sociais da Prefeitura como o novo cão deverá ser chamado. Pelas páginas oficiais no Instagram e no Facebook, os interessados em participar da enquete poderão escolher entre três nomes: Duque, Nelo ou Moss. A indicação deve ser feita nos comentários da publicação e a votação se encerra ao meio-dia da próxima segunda-feira (8).

 

Também conhecido como cão de Santo Humberto, o Bloodhound possui um faro excepcional e é dotado de uma inteligência acima da média. É muito habilidoso na identificação de criminosos e de pessoas desaparecidas, e sua atuação é reconhecida como forma de prova nos tribunais.

 

Com um sistema olfativo extremamente desenvolvido, o animal é capaz de chegar a qualquer pista mesmo depois de passadas muitas horas da presença da pessoa no local. Sua altura chega a 67 centímetros e, quando adulto, pode pesar de 40 a 50 quilos. Com pelos rasos, curtos e densos, possui orelhas e olhos caídos, nariz pontudo e pele com dobras, o que lhe confere uma aparência melancólica.

 

“O processo de treinamento dele tem que ser diferenciado porque é um cão bastante temperamental, que não aceita qualquer comando. Por isso, é um trabalho que exige bastante paciência no processo de adaptação, ambientação e criação de vínculos com o condutor”, explicou o instrutor de policiamento da Gama, GCM Cordeiro.

Ainda segundo Cordeiro, o canal olfativo dessa raça é acoplado à orelha, característica que o torna o melhor farejador entre todos os cães.  Um laboratório de odores será montado na Guarda Municipal, e o novo animal será treinado para atuar, exclusivamente, na busca de pessoas e cadáveres. “Todo esse processo demandará de um ano e meio a dois anos até que ele esteja pronto para atuar”, completou.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE