Gama enquadra ‘criador’ de galos; caso será investigado

Em atendimento aos SACs 7043/2020 e 5189/2021 da Secretaria de Meio Ambiente, equipe da Guarda de Americana – Grupo de Proteção Ambiental, compareceu na Rua Rio Claro/linha férrea, no Parque Novo Mundo. Em contato com a moradora do local, a mesma liberou a entrada da equipe para averiguação e o cumprimento dos SACs.

Durante vistoria, a equipe localizou um galinheiro com vários galos e galinhas presas de maneira individual, onde também foi localizado 8 protetores de bico, dois tapa olho, 2 agulhas, uma seringa, 6 protetores de esporas, uma pomada metronizador, além de medicamentos não identificados, polivitaminico. Eram 17 galos e quatro galinhas.

Em conversa com a moradora, a mesma informou que as aves pertenciam ao esposo e que havia comprado de uma pessoa no bairro Monte Verde, pela quantia de R$2.000,00.

De imediato, foi solicitado superior da equipe no local que, após tomar conhecimento dos fatos, se deslocou até a Central de Polícia Judiciária (CPJ) onde em contato com a delegada de Polícia, a mesma determinou que o relatório fosse encaminhado via email para registro do BO e que a moradora ficasse responsável como fiel depositária das aves e objetos localizados.

A moradora também foi orientada a comparecer à Secretaria de Meio Ambiente, tendo em vista que foi identificada outras anormalidades, referente a situação de falta de documentação e autorização para construção e uso de solo não permitido.

Todos os dados serão remetidos à Secretaria de Meio Ambiente para providências cabíveis.

 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE