Fundo Social destaca trabalhos voluntários de idosos

Em meio à pandemia do Covid-19 e com o isolamento social recomendado por órgãos responsáveis pela saúde pública, O Fundo Social de Solidariedade de Americana tem contado com a colaboração de diversas pessoas que têm dedicado seu tempo a realizar trabalhos voluntários.

De acordo com o Fundo Social, muitas pessoas têm demonstrado interesse em ajudar, inclusive pessoas acima de 60 anos, como é o caso de Janete Batista e  Nilva Prado, que confeccionaram e doaram várias máscaras de proteção; bem como Olveti Zanotti, de 71 anos, que semanalmente doa entre 10 e 12 máscaras ao Fundo Social.

Além de máscaras doadas, Tâmara Rillo Andrade, de 63 anos, juntamente com Ivone Gomieri Vieira, 68 anos, e  Sandra Regina Benatti Camargo, 57 anos, confeccionaram mais de 100 sacolinhas de tecidos que o Fundo Social repassou ao abrigo para moradores de rua, com materiais de higiene pessoal, sabonete, creme dental e máscara de proteção individual.

O Fundo Social tem contado também com o trabalho voluntário de Tânia Rillo Andrade, 69 anos, que faz a higienização de roupas doadas para bebês, lavando e passando as peças, que compõem o enxoval que são doados as mães em situação de vulnerabilidade. A Farmácia do Fundo Social também está contando com o apoio de Herica Giacomini, que auxília na triagem dos medicamentos recebidos.

Telma Kiel, 72 anos, auxilia na separação de roupas e brinquedos, que são repassados para instituições religiosas, entidades assistenciais e projetos sociais. Telma contou que muitos brinquedos precisam de conserto e testes para que possam ser doados, e que a manutenção está sendo feita pelo marido, Aparecido Kiel (75).

“O Cidinho, como é conhecido, começou a consertar vários brinquedos, montar os quebra-cabeças e a testar os brinquedos, antes de devolver ao Fundo Social para doação. Acabou se tornando um passatempo para ele e é uma maneira de auxiliar o próximo e ocupar o tempo neste momento de pandemia que não podemos sair de casa”, disse Telma.

Emocionada, a presidente do Fundo Social, Maine Najar, agradeceu a ajuda de todos. “É uma alegria poder contar com essas voluntárias, como é o caso das irmãs Telma,Tânia e Tâmara que colaboram desde o início de minha gestão à frente do Fundo Social, e também de todos que  se tornaram grandes parceiros, acreditando na gente e doando  um pouco do seu trabalho em pról dos mais necessitados. Em tempos de “ficaemcasa” o serviço voluntário se tornou um grande passatempo para muitos”, disse Maine.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE