Fundo Social de Nova Odessa recebe doação de cestas básicas

O Fundo Social de Solidariedade de Nova Odessa recebeu mais 150 cestas básicas, dentro da campanha “Nova Odessa Decreta Estado de Solidariedade”, que serão entregues às famílias que enfrentam dificuldades financeiras em razão da pandemia de coronavírus. As doações foram feitas pela Ambipar Group (100); Aposerv Serviços Previdenciários (30); Amplitude Engenharia (10); Supermercados Paraná (4) e pelo ex-jogador de futebol novaodessense Caio Souza (5). Já o Rotary Club de Nova Odessa fez a doação de duas caixas de sabão em pedra. Vários outros moradores também estão levando suas doações diretamente no Clube da Melhor Idade (Rua Heitor Penteado, 199, Centro). As entregas podem ser feitas de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 15h.
Os interessados também podem acessar a página oficial da Prefeitura de Nova Odessa (www.novaodessa.sp.gov.br), clicar na imagem com o selo da campanha e o título ‘Faça uma doação’ e preencher o formulário. Depois disso, um funcionário do Fundo Social entrará em contato para acertar os detalhes da doação. Mais informações pelo telefone 3476-6053. “Eu nunca tive dúvidas da generosidade dos moradores de Nova Odessa, mas confesso que estou surpresa e muita agradecida com o volume de doações, que vem aumentando a cada dia. Mesmo num período difícil para todos, temos que pensar naqueles que quase nada tem para oferecer e dividir com o próximo aquilo que temos. Por isso, agradeço muito a todas as empresas e as pessoas físicas que estão nos ajudando nesta campanha. Que Deus possa retribuir em dobro toda essa generosidade”, afirmou a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Andréa Souza.
RA????O. Preocupado também com o possível abandono de animais nas ruas de Nova Odessa em meio à pandemia de coronavírus, o Fundo Social de Solidariedade também está recebendo doação de ração para cães e gatos. “Mesmo com todo o trabalho de conscientização é que feito em Nova Odessa, o abandono de animais é um problema recorrente. E, infelizmente, com o agravamento da crise provocada pela pandemia de coronavírus, muitas famílias já enfrentam dificuldades econômicas e sabemos que os animais, principalmente os cães e os gatos, acabam sendo abandonados porque os donos não reúnem condições para cria-los. E nosso objetivo é exatamente esse, dar um suporte para que as famílias não abandonem seus animais”, disse Andréa.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE