Fundo deve viabilizar viaduto no Pós Anhanguera

Um projeto aprovado nesta quinta-feria na Câmara de Americana permite que o Pós Anhanguera receba novos empreendimentos empresariais e residenciais, o que está proibido por conta de um termo de ajustamento de conduta (TAC) firmado com o Ministério Público. Na proposta, a prefeitura cria o Fundo de Custeio das Obras de Transposição sobre Rodovias para que seja construído um novo viaduto, o que falta para que o TAC seja cumprido.
Existe a possibilidade de que a Autoban fique responsável por construir esse viaduto, o que permitiria, através de emendas aprovadas no projeto, que o dinheiro arrecadado no fundo seja investido exclusivamente na infraestrutura daquela região.
FUNDO – os empreendimentos empresariais e residenciais interessados em se instalarem no pós Anhanguera terão que pagar um valor que formará o fundo. A quantia é tabelada e varia de R$1500 a R$2500 podendo ser parcelada em até 12x. O projeto prevê isenção para moradias populares.    

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE