Funcionários do Pq. Ecológico produzem bancos artesanais

Os funcionários do Parque Ecológico Municipal, Paulo Belarmino da Silva (o Paulão) e Antônio de Souza Bueno, aproveitando sobras de madeira das árvores condenadas e erradicadas em diversas regiões do município, tiveram a iniciativa de reaproveitar esse material de uma forma ecologicamente correta e artesanalmente bela, além de útil.

Eles iniciaram há dois meses a construção de bancos que estão sendo dispostos em vários pontos do parque, propiciando algumas áreas para descanso aos visitantes que passeiam diariamente pelo local. Além de oferecer conforto a quem percorre os vários recintos, os bancos estão se adequando perfeitamente ao ambiente, integrando de forma harmoniosa ao paisagismo, justamente por serem constituídos exclusivamente de madeira e produzidos artesanalmente. “São bancos super-resistentes e que integram o paisagismo do parque, então nós concordamos e estamos valorizando essas pessoas [os funcionários] que fazem a diferença”, exaltou o secretário de Cultura e Turismo, Fernando Giuliani.

De acordo com o secretário, até agora foram produzidos cinco bancos e os funcionários têm a intenção de iniciar a produção de mesas, que serão utilizadas nos locais destinados ao consumo de alimentos, que são vendidos dentro do parque.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE