Fintech lança cartão de crédito pré-pago

Depois de abandonar o nome BoletoBancário.com e apostar em diversas outras soluções para facilitar pagamentos, reduzir a burocracia e democratizar serviços financeiros, a fintech curitibana Juno acaba de disponibilizar no mercado seu cartão pré-pago exclusivo, que pode ser usado na função crédito, à vista, sem necessidade de consulta em órgãos de proteção de crédito, como SPC e Serasa. Dessa forma, os usuários que contam com os serviços oferecidos pela startup, como cobrança via cartão de crédito e boleto bancário, transferência de valores via conta virtual, personalização e automação dos processos, de modo a reduzir a inadimplência e otimizar o tempo, podem usar o novo produto para efetivar saques em caixas eletrônicos, fazer compras online e para uso do dia a dia com a bandeira Visa. Sendo assim, os clientes da Juno não precisam mais fazer transferências bancárias para outras instituições, conseguem resolver tudo pela Conta Juno. O primeiro passo para se tornar um cliente Juno é realizar o cadastro na Conta Juno com um Token habilitado, processo que deve ser realizado direto na plataforma (www.juno.com.br) ou no aplicativo Juno. Para utilizar o cartão, basta possuir saldo na Conta Juno e carregar o cartão fazendo uma transferência gratuita. Além de mais controle sobre o dinheiro, afinal a Conta Juno não possui custo, nem taxas de anuidade, agora os usuários podem usufruir de um cartão com bandeira Visa, aceito em todos os lugares, com tecnologia Contacless, que permite a realização de pagamentos por aproximação, sem precisar inserir o cartão, trazendo mais agilidade para usuário. A Conta Juno foi pensada tanto para pessoas físicas como jurídicas, com o objetivo de facilitar o dia a dia de milhares de brasileiros. “Agora, o Cartão pré-pago Juno, pode ser usado em estabelecimentos nacionais e internacionais. Dessa forma, conseguimos dar mais praticidade e reter ainda mais o cliente, já que as micro e pequenas não são muito beneficiadas pelos bancos em termos de taxas e vantagens”, completa o gestor de área de planejamento da Juno, Henrique Foryta.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE