Festa da Negadinha celebra 20 anos

Lembranças, amizades, tradição, festa e reencontros de gerações. A celebração de 20 anos da Festa da Negadinha da Usina terá tudo isso no dia 25 deste mês. De graça, a Festa integra o calendário oficial de eventos do Município. A partir das 9 horas a programação tem início com a missa na Capela Nossa Senhora de Fátima, seguida do cortejo com a Corporação Musical União Barbarense (10h30), Banda Bem Brasil (11h) e o ponto alto com o show de Rodrigo José (16h). Neste ano o evento será no Novo Pátio da Usina Santa Bárbara, com entrada pela Rua Aristeo Carlos Pereira, no Residencial Dona Margarida.
 “A 20ª edição da Festa da Negadinha da Usina ressalta a importância da Usina Santa Bárbara e daqueles que lá trabalharam e contribuíram para o desenvolvimento econômico, cultural e turístico da cidade. Além de ser um evento para a família, a comemoração destaca a tradição da comunidade e é uma oportunidade para celebrar e relembrar os momentos marcantes daquela época”, comentou o secretário de Cultura e Turismo, Evandro Felix. Como parte da programação, integrantes da Feira de Artesanato comercializarão seus produtos durante a Festa da Negadinha. Feitos pelas mãos dos artesãos barbarenses será possível comprar guardanapos, tolhas, capas de filtro, produtos de patchwork, crochê e outros, gravação do nome no arroz e produtos feitos com material reciclável, entre outros. Mantendo a preservação da cultura e história da Usina Santa Bárbara, o evento é realizado pela Associação dos ex-moradores da Usina e pela Prefeitura. As barracas de alimentação serão exploradas por entidades assistenciais da cidade, que oferecerão um variado cardápio, com entrada franca e com amplo estacionamento. História – A Festa da Negadinha surgiu com a proposta de realizar o reencontro dos ex-moradores do local. Os primeiros passos para a construção da Usina Santa Bárbara foram dados em 1877, quando o major João Frederico Rheder adquiriu áreas da Fazenda São Pedro. Em 1883 foi montado o primeiro grande engenho. A usina de açúcar e álcool foi inaugurada em 25 de julho de 1914. O local foi desativado em 1995 e continua sendo um dos pontos de maior identificação do Município. 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE