Fernanda D’avila reclama de adolescência ‘Chester’

Pode parecer mentira, mas a modelo fitness, dançarina e apresentadora Fernanda D’avila, eterna musa da cinturinha fina, já teve muita vergonha do seu corpo.
“Tinha muita vergonha de mim por ser magrela e com peitos grandes. Na época não era moda ter ‘peitão’. Tinha receio de tudo, falar em público era quase um parto”, lembra a digital influencer que possui mais de 1,2 milhão de seguidores no Instagram.
“?? muito bacana ser referência e conseguir motivar as pessoas hoje em dia. Nunca imaginei que um dia seria inspiração de foco, objetivo e força de vontade. Tudo se tornou possível graças à motivação da minha mãe e de uma amiga que me incentivaram a entrar numa academia para fazer aula de dança quando tinha 14 anos. Demorou, porém conseguiram me tirar de casa. Não sabia nada, há 18 anos tudo era bem diferente e não existia essa força da internet né!? A motivação vinha de dentro da academia mesmo, olhando para outras alunas e conversando pelos banheiros da academia (risos)”, conta a morena atualmente com 32 anos.
Diferente de vergonha, hoje Fernanda D’avila tem muito orgulho do corpo que conquistou com muito suor, boa alimentação e tratamentos estéticos.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE