Autor de feminicidio em Santa Bárbara pega 30 anos

O monitor David Vieira Ferraz da Cruz foi condenado a 30 anos de prisão pela acusação de matar por asfixia sua namorada Eva Paula de Lima, em fevereiro do ano passado. Na ocasião, o autor do feminicidio disse que ela tinha cometido suicídio, mas foi condenado esta semana pelo Tribunal de Justiça de São Paulo em julgamento no início desta semana. Presidido pela juíza da 1ª Vara Criminal de Santa Bárbara d’Oeste, Camilla Marcela Ferrari Arcaro, o júri popular decidiu por 4 a 3 que ele é culpado.

Ele foi condenado a pena máxima de 30 anos por homicídio triplamente qualificado (motivo fútil, com recurso que dificultou a defesa da vítima e pela condição de sexo feminino). O advogado de defesa, Renan Farah, disse que irá recorrer da sentença pedindo a redução da pena.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE