Excesso de WhatsApp vira doença

Terra – Foi diagnosticado por uma médica da Espanha o primeiro caso de ???WhatsAppitis???, que se caracteriza por dor no punho e tendinite no polegar pelo uso excessivo do celular para escrever mensagens de texto. O caso foi descrito na revista médica The Lancet.

A doença foi diagnosticada em uma paciente de 34 anos, médica e grávida, que apresentou dores súbitas no punho. Ela não tinha nenhum histórico de trauma e não tinha feito exercícios físicos nos dias anteriores, mas respondeu mensagens em seu smartphone via WhatsApp por pelo menos seis horas.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE