Ex-prefeito responde denúncia de vereador

Abaixo nota do ex-prefeito de Nova Odessa, Manoel Samartin (PDT), em resposta a acusações do vereador Zé Pereira (PPS), que usou documentos da prefeitura para afirmar que MS se aproveitava do fato de ser prefeito para pagar menos imposto.
Em relação a matérias publicadas na imprensa, venho novamente a público ESCLARECER:
1. A empresa dos meus familiares, a Nova Plast, nunca se beneficiou com qualquer tipo de vantagem no período em que fui Prefeito, por 4 mandatos. Não se beneficiar e não beneficiar familiares é uma questão de princípios, de ética, de moralidade. Estes valores aprendi (e fiz uso) durante toda a minha vida.
2. Para deixar claro que nunca busquei benefícios pessoais, solicitei à empresa Nova Plast a relação dos últimos valores pagos de IPTU, que constam a seguir:NOVA PLAST – Matriz: Av. Brasil, 8002014: R$ 66.694,212013: R$ 57.114,102012: R$ 53.486,872011: R$ 26.905,822010: R$ 24.805,11NOVA PLAST – Filial: Rua Antônio de Oliveira, 1202014: R$ 22.410,142013: R$ 21.098,312012: R$ 20.444,402011: R$ 19.125,502010: (neste ano, a Nova Plast ainda não era proprietária deste imóvel)
3. Sendo assim, além da empresa Nova Plast estar totalmente em dia com o pagamento do IPTU do prédio de sua Matriz e Filial, ainda contribui diretamente com a arrecadação de Nova Odessa, através do repasse do ICMS, sendo a 9ª empresa que mais paga este imposto no município.
4. O outro imóvel, citado na reportagem, é realmente da Nova Plast. No entanto, a responsável pelo pagamento do IPTU é sua inquilina, a empresa que mais paga imposto para Nova Odessa. Sozinha, esta empresa responde por quase 10% da arrecadação do município, ou seja, R$ 14 milhões de reais por ano.
5. Como Prefeito na época, elaborei uma Lei que permitisse a atração de empresas para Nova Odessa. Tenho certeza que consegui, pois esta Lei que reduziu o IPTU, trouxe mais de 300 empresas para nosso município. No exemplo citado na reportagem, Nova Odessa deixou de arrecadar desta empresa cerca de R$ 59 mil reais de IPTU beneficiado pela lei elaborada na minha gestão. A reportagem “só” não destaca que recebe em troca cerca de R$ 14 milhões de reais por ano.
6. Infelizmente, esta Lei que concedia reduções no valor de IPTU, que trouxe empresas para Nova Odessa e gerou inúmeros empregos, foi revogada pela maioria dos atuais Vereadores. Nova Odessa agora está em desvantagem em comparação com as cidades vizinhas, pois não tem nada a oferecer às empresas que queiram se instalar em nosso município.
7. Como Ex-Prefeito e de acordo com a minha visão empresarial, sei que atrair empresas aumenta a arrecadação do município e gera emprego e renda. Enquanto todos os demais municípios lançam Leis para a atração de empresas, com a revogação desta Lei estamos indo na contramão do progresso e do desenvolvimento.
8. Em tempo: apesar do jornalista destacar que a Nova Plast entrou com a ação contra o aumento abusivo do IPTU em favor do seu inquilino, a verdade é que várias empresas também entraram na Justiça contra a revogação desta Lei. Não foram citadas, pois não há parentesco com nenhum Ex-Prefeito eleito por 4 vezes. São também empresas sérias e íntegras, que verificaram na época em que fiz a Lei que Nova Odessa tinha algo a oferecer caso se instalassem aqui. Infelizmente, o acordo foi quebrado. Buscam agora na Justiça o reestabelecimento da condição que lhe foi prometida, respaldada pela Lei.
9. Como fui Prefeito, certamente querem atingir mais uma vez minha honra e integridade. Não poderia deixar de responder a mais uma tentativa de manchar minha imagem e agora da Nova Plast, citada em destaque por ser uma empresa de minha família. A Nova Plast completa neste ano 45 anos de história. Neste longo período ofereceu o primeiro emprego a muitos jovens, contribuiu durante toda a sua vida para a renda de inúmeras famílias, pagou e paga todos seus impostos regularmente, colaborou com o desenvolvimento da cidade e, atualmente, gera mais de 400 empregos.Sempre que me sentir prejudicado em minha honra e imagem, informarei corretamente a população de Nova Odessa para restabelecer a plena verdade dos fatos.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE