Etecs e Fatecs produzem material de limpeza no combate à Covid-19

Professores e estudantes das Escolas Técnicas (Etecs) e Faculdades de Tecnologia (Fatecs) estaduais se sensibilizaram com a falta de álcool em gel 70% nas prateleiras do comércio. Aliando conhecimento tecnológico aos laboratórios e equipamentos disponíveis nas unidades, eles estão ajudando a reforçar estoques de hospitais, casas de repouso e entidades sociais em diversas regiões do Estado.

Capital e Grande ABC

Nesta segunda-feira, (13), a Etec Prof. Adhemar Batista Heméritas, da Capital, começa a produzir álcool em gel 70%. Inicialmente, serão produzidos 175 quilos da substância (200 frascos de 200 mililitros) para doação a quatro Unidades de Básicas de Saúde (UBS) e instituições que cuidam de idosos na zona leste da Capital, região na qual se localiza a Etec.

“Em momentos de crise como este, a importância do conhecimento técnico e científico para salvar vidas se torna mais evidente”, avalia o diretor da Etec, Milton Santana. “Nossos professores e alunos demonstram solidariedade e responsabilidade social ao colocarem suas habilidades à disposição da comunidade.”

Outra unidade da zona leste, a Etec Parque Belém, está produzindo material de limpeza e higienização de ambientes. Semana passada, foram fabricados 100 litros de água sanitária ??? a expectativa é produzir mais 80 litros nesta semana, além de 40 litros de detergente. Os produtos serão doados para duas instituições assistenciais próximas à Etec.

“Mobilizamos cerca de 20 voluntários, entre funcionários e professores de todos os cursos da Etec, que estão motivados a ajudar a comunidade local na prevenção ao novo coronavírus”, afirma a diretora da escola, Fúlvia Napolitano. “Eles se dividem em tarefas como busca por doações de matérias-primas e insumos, elaboração da rotulagem, produção laboratorial, separação e entrega dos vasilhames, entre outras.”

No Grande ABC, a Etec de Rio Grande da Serra deve começar a usar seu laboratório de química para produzir desinfetante ainda nesta semana.

Outras regiões

De acordo com levantamento feito junto às unidades, até o momento, as Etecs Conselheiro Antonio Prado (Campinas), Profª Carmelina Barbosa (Dracena), Amin Jundi (Osvaldo Cruz) e a Fatec Capão Bonito já produziram 500 quilos de álcool em gel. A previsão é entregar mais 680 quilos do material e 150 litros de sabão líquido nas próximas semanas.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE