Estudantes vão à aula de roupa íntima

Protestando contra um código de vestimenta imposto pelo reitor de uma universidade em Kaposvar, na Hungria, um grupo de estudantes de teatro da instituição foram à aula usando apenas as roupas íntimas nesta quinta-feira, dia 3. A professora também participou da manifestação.

De acordo com a exigência do reitor Ferenc Szávai, os homens deveriam usar termos escuros e sapatos e as mulheres deveriam passar a frequentar as aulas vestidas com blazer, blusa, calça ou saia longa. Também foi proibido o uso de minissaias, calças curtas, decotes exagerados, chinelos e uso excessivo de maquiagem e perfume.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE