Estrutura da Festa da Negadinha da Usina montada

A estrutura da Festa da Negadinha da Usina de Santa Bárbara d’Oeste está pronta para receber o evento neste domingo (16) no Novo Pátio da Usina Santa Bárbara. Nesta edição, o evento ganha o dobro de área coberta em relação ao ano passado, com 1.100 m². E para aumentar a circulação de pessoas, a área do preparo de alimentos será separada do local reservado ao público. Os estabelecimentos comercialização seus produtos em seus próprios caixas. Já o estacionamento será interno e gratuito.
Realizada pela Associação dos ex-moradores da Usina, com apoio da Prefeitura, a Festa começará às 9 horas com a Missa na Capela Nossa Senhora de Fátima, nas proximidades do Novo Pátio, hasteamento do mastro, apresentações de Alexandra Souza, Omega Trio e da dupla Duduca & Dalvan, ponto alto do evento, com início do show às 16h30, além de Feira de Artesanato e estacionamento gratuito.
Por sua vez, a Praça de Alimentação, como em todos os anos, será explorada pelas entidades assistenciais, APAE, Hospital Santa Bárbara, Associação Negadinha da Usina, Rede Feminina de Combate ao Câncer, Creche SOS, Lions Clube Pérola, Centro Espírita Maria Gorete, Creche João Paulo II e Vida e Sobriedade.
O cardápio contará com hambúrguer gourmet, lanches, pururuca, combos, pastel, batata chips, cuscuz de frango, strudell, feijoada, pães, batata no molho, milho cozido, curau, pamonha, bolo de milho, escondidinho de carne seca, sorvete americano, galinhada, espetos, alfajor, doces caseiros, frutas caramelizadas ou chocolate, fondue de frutas, tapioca, churros, cachorro quente, buraco quente, sanduíche natural, canjica, pipoca doce gourmet, frango inteiro, água, cerveja, refrigerante, chope, sucos, caipirinha de vinho, pinga e espanhola.
História – A Festa da Negadinha surgiu com a proposta de realizar o reencontro dos ex-moradores do local. Os primeiros passos para a construção da Usina Santa Bárbara foram dados em 1877, quando o major João Frederico Rheder adquiriu áreas da Fazenda São Pedro. Em 1883 foi montado o primeiro grande engenho. A usina de açúcar e álcool foi inaugurada em 25 de julho de 1914. O local foi desativado em 1995 e continua sendo um dos pontos de maior identificação do Município.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE