Estiagem castiga, mas NO tem 85% nos reservatórios

Nova Odessa enfrenta hoje o 45º dia de estiagem. Apesar do período seco, as represas de abastecimento do município estão com 85% de sua capacidade, garantindo o fornecimento de água para a população estimada em 56 mil habitantes.
Durante a manhã o prefeito de Nova Odessa e presidente do Consórcio dasBacias PCJ (dos rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí), Benjamim Bill Vieira de Souza, esteve nas represas Recanto 3 e Lopes, que compõem os dois sistemas de abastecimento.???Estamos constatando que o trabalho realizado desde 2014 traz resultados positivos, ou seja, garante disponibilidade de água à população mesmo em período sem chuvas???, destaca. A última precipitação no município foi em 14 de junho, com 5,8 milímetros.Os níveis de armazenamento nas três represas do Sistema Recanto e nas duas do Sistema Lopes estão com aproximadamente 85% da capacidade total, armazenando mais de 2.080 milhões de m³ de água bruta. Em 2014, durante a estiagem histórica que atingiu Nova Odessa e região, a Prefeitura e a Coden realizaram o desassoreamento de três das represas de abastecimento.Acompanharam o prefeito na visita às represas a diretora de Meio Ambiente, Fernanda Dagrela, e do gerente da Divisão de Serviços da Coden (Companhia de Desenvolvimento de Nova Odessa), Natalício Ferreira Marques.Com investimento de cerca de R$ 1 milhão, houve a retirada de 15 mil caminhões de terra e o aprofundamento do leito das represas, permitindo aumentar a capacidade de reservação de água em 20% no sistema. Paralelamente, foram mapeadas 167 nascentes de cabeceira e ocorreu a recuperação de boa parte delas, produzindo água para a recarga do lençol freático. ???Temos a gestão hídrica como uma das prioridades no governo???, frisa o prefeito. Além do Programa Municipal de Sustentabilidade Hídrica, Bill lembrou a redução de 43%, em 2013, para 25% das perdas de água tratada na rede, assim como plantios para preservar as matas ciliares.
 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE