Esther quer psicólogo para pacientes com Covid19; Ávila fim da área azul na fase vermelha

Vereadora sugere atendimento psicológico para pacientes com Covid-19 e familiares

A vereadora Esther Moraes (PL) encaminhou, na última quinta-feira, ofício à Prefeitura, por meio do qual sugere a oferta de tratamento psicológico, via telefone ou aplicativo de mensagens, para pacientes com Covid-19 e familiares, inclusive para os que ainda esperam por atendimento. O documento é endereçado às secretárias municipais de Saúde, Lucimeire Rocha, e de Governo, Patrícia Marques.

Nessa reivindicação, a parlamentar propõe a criação de um sistema de revezamento entre os psicólogos da rede municipal, para que seja realizado, pelo menos uma vez a cada dois dias, o contato com os pacientes e familiares dessa doença, tanto os já internados quanto os que esperam por vagas. Esse tipo de atendimento não presencial teria o intuito de garantir amparo emocional a esses cidadãos num momento de muita apreensão e ansiedade. Caso a Prefeitura não disponha de efetivo suficiente para promover esse tipo de apoio, a parlamentar se coloca à disposição para organizar um grupo de profissionais disposto a atuar de maneira voluntária neste período de calamidade pública.

 

Vereador sugere suspensão de cobrança da Zona Azul durante Fase Vermelha

O vereador Celso Ávila (PV) sugere ao Poder Executivo, por meio da Indicação nº 1.070/2021, que estude a possibilidade de suspender a cobrança da Zona Azul durante o período da Fase Vermelha, estabelecida pelo Plano SP.

Na Justificativa da proposta, o parlamentar afirma considerar incoerente tal cobrança, uma vez que a população de maneira geral enfrenta tempos de grandes dificuldades pela pandemia de Covid-19.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE