Estado confirma vinda de doentes pra região

Conforme o secretário de Saúde do Estado, José Henrique Germann, havia adiantado no dia 18 de abril, a partir da próxima semana o interior deve começar a receber pacientes com covid-19. O motivo é o alto índice de ocupação dos leitos na capital (89%) e na Grande SP. (Leia postagem publicada neste portal em 19 de abril).Na cidade de Campinas, devem ser priorizados o Hospital de Clínicas da Unicamp e o AME (Ambulatório Médico de Especialidades), que são unidades estaduais. Outro hospital estadual na região fica em Sumaré e também pode ser requisitado.Porém, o prefeito Jonas Donizette (PSB) ainda tem esperanças de convencer o governador a não enviar pacientes para a AME Campinas. Segundo ele, a unidade foi aparelhada para atender exclusivamente moradores da cidade.
CURTAS< Em parceria com a Prefeitura, a TV Câmara Campinas deverá transmitir a partir de maio videoaulas voltadas para os alunos da Rede Pública de Campinas, que estão com as aulas regulares suspensas em virtude da pandemia de coronavírus. < O canal Legislativo atinge toda a cidade de Campinas (400 mil residências) em sinal aberto, além de pelo canal 4 da NET e 9 da Vivo Fibra, e irá ampliar o acesso dos 70 mil alunos da rede municipal de ensino a conteúdos necessários.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE