Escritora diz que foi estuprada no Uber

Clara Averbuck contou nesta segunda-feira que foi estuprada por um motorista do Uber. Em nota, o Uber disse que baniu o motorista e está à disposição das autoridades para colaborar com as investigações.
A Uber identificou e demitiu o motorista após a publicação de Clara.

Ela lamentou às mulheres que a estão atacando: ‘tenho apenas dó de vocês que não sabem que correm perigo diariamente e desejo que jamais sejam agredidas’.
Ele escreveu também que a @Uber_Brasil está em contato e sendo super solícita. 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE