Escolas de SP apostam em tecnologias educativas

O ano letivo de 2017 promete ser um marco tecnológico no modelo educacional da rede pública do estado de São Paulo. Mais de 20 mil professores utilizam uma tecnologia inédita de jogos educativos para o ensino da matemática, desenvolvida pela startup israelense Matific, presente em mais de 40 países.
 Utilizada atualmente em cerca de 300 colégios ??? públicos e privados ??? e com uma média de 50 mil jogos executados por dia, a plataforma já atende mais de 100 mil alunos no ensino da matemática, que aprendem, em seu próprio ritmo, com as atividades interativas e lúdicas. De acordo com o Gerente Nacional da Matific no Brasil, Dennis Szyller, aprender por meio de jogos educativos é hoje a melhor forma de aprendizagem. ???A gamificação transforma a aula em um momento de aprendizagem divertido e cheio de desafios???, afirma Szyller. ???A tecnologia é um recurso imprescindível na sala de aula, à medida em que é preciso um alinhamento com as novas gerações, que se desenvolvem e aprendem desde cedo a linguagem digital???, acrescenta. Nos colégios estaduais, o uso da plataforma é fruto de uma parceria entre a Diretoria de Ensino Centro Oeste (em São Paulo), a ONG Parceiros da Educação e a startup Matific e conta com a adesão de 105 escolas estaduais paulistas. Os principais colégios particulares do estado também adotaram a Matific, que leva os alunos a aprender colocando a mão na massa. ???A tecnologia deve ser usada dentro das escolas para promover novas formas de pensar, e não apenas um meio moderno para levar conhecimento, seja ele no PC, tablet ou smartphone???, comenta Szyller. 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE