Energia sobe quase 3 vezes a inflação

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta segunda-feira um aumento de médio de 17,23 por cento nas tarifas de energia da CPFL Paulista, empresa do grupo CPFL Energia que atende 3,9 milhões de consumidores em 234 municípios de São Paulo.
Os consumidores residenciais sentirão um aumento médio de 16,46 por cento nas tarifas de energia. Já os consumidores em baixa tensão, que além de residências incluem comércio e serviços, sentirão um aumento médio de 17,97 por cento.
Os consumidores de alta tensão, como indústrias, deverão ter um aumento médio de 16,1 por cento nas contas.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE