EMTU quer acelerar Corredor Metropolitano

Obra mais importante do governo do Estado para a RMC, o corredor metropolitano vai ser alvo de ‘marcação cerrada’ pelo comando da EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos).O presidente Joaquim Lopes, esteve sexta-feira em Nova Odessa, onde vistoriou as obras de revitalização da avenida Ampelio Gazzetta, acompanhado do prefeito Bill Vieira de Souza (PSDB).As obras fazem parte do 3º trecho do Corredor Noroeste e avançam pela avenida.
???As vistorias são comuns nessa fase do projeto e são essenciais para que os gestores da EMTU tenham ciência do impacto causado pela obra. Em Nova Odessa temos boa sinalização e acompanhamos as obras em ritmo acelerado???, disse o prefeito. O investimento total do Governo do Estado, através da Secretaria dos Transportes Metropolitanos é de quase R$ 145 milhões no trecho que faz a interligação entre Americana, Santa Bárbara d???Oeste e Sumaré. A empresa responsável pela execução das obras é a Estacon Infraestrutura S/A.
O trecho de 24,3km do Corredor Metropolitano ligará os municípios de Nova Odessa, Americana e Santa Bárbara d’Oeste com 13,6km de faixas exclusivas para ônibus e 10,7km de adequações e melhoramentos no viário existente. Em Nova Odessa, as obras incluem a reforma geral do Terminal Rodoviário e a construção do Complexo Viário Jean Nicolini. Também está previsto a construção de dois novos terminais (Americana e Santa Bárbara d’Oeste); a construção de três novas estações de transferência (São Paulo, em Santa Bárbara d’Oeste; Amizade, na Divisa Americana/Santa Bárbara d’Oeste e Nova Odessa) e a Transposição do Córrego Mollon, em Santa Bárbara d’Oeste.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE