Empresa compra Iphones usados com defeito

Não tem jeito. Se tem um aparelho particularmente atraído pelo chão, este é o celular. Um segundo de desatenção e o resultado é uma tela rachada ou um chassi amassado. Para atender os donos de aparelhos que passaram por um traumas desses –acredite, é um trauma–, a Brused, que já comprava eletrônicos usados da Apple, mas em boas condições, vai passar a aceitar também os dispositivos com defeito.

A startup funciona há sete meses comprando e revendendo iPhones, iPods, iPads e Macs usados. O valor pago para os smartphones da Apple pode variar de R$ 410 a R$ 1.980, dependendo do modelo e das configurações dele. Para o tablet, os preços giram entre R$ 460 e R$ 1.420.
Para receberem uma proposta, feita pelo Brused após avaliação, o aparelho deve ser enviado à empresa pelo Sedex –o frete é reembolsado, incluído no valor pago. Para iPhones, iPods e iPads, é possível conferir o preço sugerido no site da startup. As propostas pelos Macs são feitas depois de o vendedor enviar dados do computador à empresa.
A Brused, porém, não aceitará todos os aparelhos com problema. ???Não vão ser todos os defeitos. Alguns não são corrigíveis???, comenta Fuschi. Na lista de problemas técnicos que não podem ser solucionados estão os hardware (como os que impedem o funcionamento do Wi-Fi e do 3G e os de curto circuito em placa) e até alguns de software (uma atualização do iOS 7 faz com que o iPhone 4S não seja mais capaz de localizar o Wi-Fi).
Com G1.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE