Empreendimentos de alto padrão crescem 118%

Segundo a Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (ABRAINC) a pandemia impulsionou uma demanda crescente na busca por imóveis maiores, conectados, integrados com a natureza e mais sustentáveis. Lançamentos de alto e médio padrão devem ter desempenho mais forte em 2021, com expectativa de crescimento de 78% no número de unidades lançadas.

Segundo o diretor da Incorporadora MDGP, o engenheiro Marlus Doria, a demanda é percebida nos pré-lançamentos imobiliários. “As coberturas e gardens são muito procuradas, com velocidade de venda de 20% a 30% maior do que as outras unidades”, afirma. “Mesmo nos empreendimentos que contam com infraestrutura completa, o espaço maior privado é muito valorizado pelos compradores”, completa.

O Indicador Abrainc-Fipe do último trimestre móvel (fevereiro, março e abril de 2021) aponta que os lançamentos de empreendimentos de médio e alto padrão tiveram uma expansão de 118%, responsáveis por um crescimento de 16% no volume lançado em 12 meses. Em relação às vendas do segmento, a apuração aponta uma elevação de 13% em relação ao mesmo período de 2020, representando alta de 0,3% em 12 meses.

Doria lembra ainda que imóveis de alto padrão são procurados também como opção de investimento. O último lançamento entregue da MDGP, o Arbo Cabral, valorizou 46% em três anos, desde sua pré-venda. “Com a instabilidade do mercado financeiro, os imóveis se tornaram um investimento seguro”, afirma. Em fase de construção, o Átman Cabral foi 100% vendido um ano e meio antes da previsão de entrega, e a valorização deve manter os números do Arbo Cabral. A ABRAINC estima que o investimento em imóveis tenha rendido, em média, 15,3% ao ano.

Dados da Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário – ADEMI-PR apontam um crescimento de 50,3% nas unidades residenciais vendidas no último ano, de junho de 2020 até junho de 2021. O mais recente lançamento da incorporadora, o Andáz Cabral, mostra também a realidade do mercado. “Em 30 dias, 50% das unidades foram vendidas”, comemora Doria.  O projeto segue as últimas tendências de moradia, com espaços abertos, conforto e iluminação natural, aliados a tecnologia e sustentabilidade, com destaque para a localização, ao lado do Graciosa Country Club, em uma rua tranquila e charmosa, com iluminação especial e rede elétrica subterrânea, o que elimina a poluição visual, garantindo vista livre. “O novo perfil de compradores busca ressignificar o morar, com amplitude nos ambientes, design, modernidade e a preocupação com o meio ambiente, seja no processo construtivo ou nas soluções aplicadas no dia a dia”, afirma o diretor.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE