Em nota, Joi detona ‘oportunistas’ da CEI da Saúde

Considerando que pré-candidatos a algum cargo político e pessoas claramente vinculadas a partidos políticos, posando de ???donos da verdade???, têm repercutido em redes sociais negativamente a minha posição na da votação da CEI da Saúde;Considerando que não me vejo obrigado a responder a essas pessoas que, claramente preferem adotar postura detratora contra mim, desconsiderando meu trabalho parlamentar;Considerando que não devo explicações a tais pessoas, contudo as devo para as pessoas sérias desta cidade, assim como para meus amigos e familiares;Esclareço as razões que me levaram ao posicionamento adotado na votação da CEI da Saúde:a) em dezembro de 2015, após ser procurado pelo vereador Celso Ávila, proponente do requerimento de abertura de CEI, vereador este do mesmo partido do prefeito, não assinei o referido requerimento. Naquele momento, avaliei que se a CEI fosse aprovada, muito provavelmente ???nasceria morta???, sem condições de promover uma investigação isenta, pois poderia ter como presidente um membro da base do governo;b) além disso, a minha assinatura nesse requerimento, assim como eventual futuro voto em plenário, não seria determinante na abertura da CEI, pois o citado requerimento já contava com o apoio de 10 (dez) parlamentares ao ser protocolado. Como se sabe, o regimento interno determina que bastam 10 votos favoráveis para a aprovação e instalação da CEI;c) o que ocorreu, no período de um mês após o protocolo do requerimento, é que, além do vereador Celso Ávila, outros dois parlamentares mudaram de ideia: o vereador Alex Backer (que votou contrário à instauração da CEI, apesar de ter subscrito do requerimento de instauração) e o vereador Gustavo Bagnolli (que optou por se abster na votação sob o argumento de que faltaram explicações por parte do autor do requerimento).d), portanto, não venham agora imputar a mim a responsabilidade pela CEI não ter sido instaurada, uma vez que não me comprometi com tal instauração desde o nascimento do requerimento (como outros fizeram, porém mudando depois de ideia, talvez legitimamente, conforme suas convicções pessoais).Esclareço que reconheço a existência de inúmeras falhas na área da Saúde no município, inclusive apontando-as diuturnamente em meu trabalho de fiscalização. A principal razão para eu ser contrário à abertura da CEI foi a decisão de não me deixar ser usado por um projeto político que aposta no ???quanto pior, melhor???.Desde o início, avaliei também que alguns políticos (com mandatos ou não), irritados com o chefe do Executivo, poderiam utilizar o requerimento de CEI como um subterfúgio, moeda de troca política, por exemplo, mudando de ideia conforme suas conveniências.Avaliei também que o requerimento de CEI, da forma que estava formulado, tinha grande possibilidade de ser questionado judicialmente, com razoáveis possibilidades de derrubada, em razão de não apontar um objeto específico para investigação, como é imposto pela Lei Orgânica e o Regimento Interno da Câmara, mas apenas reclamações diversas de pacientes. Estou em meu segundo mandato, tendo sido o mais votado nas últimas eleições. Tenho consciência da importância do meu trabalho e da minha atuação parlamentar.Meu gabinete é responsável, sozinho, por aproximadamente 20% de todas as proposituras protocoladas nesta Casa de Leis, inclusive requerimentos de informações, por meio dos quais fiscalizo a Administração Municipal e, quando me deparo com fatos concretos de irregularidades, encaminho-os como denúncias ao Ministério Público, pois acredito na imparcialidade e idoneidade do mesmo.Aos detratores e ???jornalistas??? de ???Facebook???, reitero que manterei minha atuação independente, longe de conchavos políticos e de interesses pessoais, sempre no intuito de lutar pela melhoria de nossa cidade e na defesa dos direitos dos cidadãos.Coloco-me à disposição para mais esclarecimentos, em meu gabinete e, de preferência, pelos telefones 3459-8925, 9-9684-7766, 9-9152-8503, pois não é novidade para ninguém a minha total deficiência visual, dependendo de terceiros para acessar as redes sociais. 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE