Em busca do Bandeirantes, Skaf alfineta PT e PSDB

O PMDB deve lançar um candidato a Governador
para o Estado de São Paulo, e o nome ventilado para a candidatura é o
atual Presidente do Fiesp, Paulo Skaf.

Skaf esteve na manhã desta
sexta feira reunido com lideranças do PMDB em Americana e falou de 2014.
Na reunião, Skaf ressaltou a intenção do PMDB em lançar um candidato
majoritário em São Paulo. Para ele, o PT já tem bastante espaço. No
Estado de São Paulo por ter a prefeitura e pela grande chance de
reeleição de Dilma Rousseff e Michel Temer, que terão o apoio do partido
do vice-presidente nas próximas eleições.

Em relação ao PSDB, Skaf
disse que o partido já teve seu tempo e que o PMDB irá buscar o poder
para fazer diferente daqueles que já tentaram. “O PSDB já está há 20
anos no poder do Estado de São Paulo e eu vejo como saudável uma
renovação em 2014. Quando você quer resultado diferente, você tem que
fazer diferente. Um grupo que está há 20 anos no poder ele já fez do
jeito dele,” disse.

Paulo Skaf aposta no cansaço da população
por terem sempre os mesmo problemas, “o PSDB se soubesse resolver, já
tinha resolvido. Tudo que for relacionado ao Estado, cabe ao seu
governador resolver,” disse. Apesar das críticas, o presidente da Fiesp não quis dar nota aos governos Dilma e Alckmin.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE