Em artigo, Diego analisa terminal metropolitano

Já que há muito ninguém se manifesta, venho através dessas palavras explicar um pouco sobre essa grande obra que a cidade está recebendo. Desde o início de 2010, eu como prefeito de Americana e toda a nossa administração, lutamos para que Americana pudesse contar com essa obra em parceria com o governo do Estado. Sempre foi público e notório o sofrimento de pais e mães de família, trabalhadores e trabalhadoras, idosos e todos em geral que se utilizam do transporte público em nossa região.

Falta de espaço e estrutura no aguardo do ônibus são as principais reclamações. Atento a esse sofrimento das pessoas e não me conformando com essa situação, fizemos de tudo para que essa obra pudesse sair do papel.
Muitas foram as idas a São Paulo para solicitar ao governador Geraldo Alckmin a necessidade urgente dessa obra. Inúmeras formas idas à EMTU para que pudéssemos mudar o projeto da obra, como também o traçado do corredor para melhor atender às pessoas de nossa cidade e região. Várias dessa brigas eram feitas sozinho por mim e meus secretários. Grandes brigas!
Em minha visão, essa era e ainda é uma obra fundamental para o futuro entre nossas cidades da região. Depois de todas essas lutas, conseguimos sensibilizar nosso governador e toda a EMTU a aceitar nosso projeto, Suas alterações e suas características, como ele é hoje, sem mudanças.
Víamos e projetamos nessa grande obra todo um espaço de interligação para o transporte municipal, assim como todo o espaço necessário para o transporte metropolitano para, no mínimo, 20 anos. Projetamos para a parte superior acomodações para instalação de pequenos comerciantes, como também serviços públicos que pudessem agilizar a vida das pessoas, a exemplo do Poupatempo, entre outros.
Pelo nosso projeto, a obra não se resumiria a essa parte construída pelo governo do Estado. Estava prevista toda a revitalização da Avenida Antônio Lobo, coma nova iluminação, novos canteiros, assim como fizemos em outras avenidas da cidade.
Estava também programado um projeto de incentivo por parte da Prefeitura aos comerciantes da avenida. Daríamos incentivos de impostos para ao menos tentar amenizar as perdas que teriam ao longo de todo esse processo de construção.
Também estavam nesse projeto incentivos para que pudessem renovar e mudar as fachadas de seus comércios. Essa obra do novo terminal com a revitalização total da Avenida Antônio Lobo seria o pontapé inicial para a revitalização do centro da cidade, tão esperada pelos comerciantes e comerciários.
Infelizmente, não conseguimos continuar nosso mandato conquistado na urna e, agora, o que estamos vendo é um verdadeiro esconde-esconde das autoridades constituídas. Essa falta de informação se explica pela falta de interesse em dar continuidade a uma obra do governo anterior, isso é muito ruim pra cidade.
Estamos diante de uma obra para o futuro da cidade e região. Picuinhas políticas devem ficar pra trás nessas horas. Aqui registro a importante participação do deputado Chico Sardelli para obtenção dessa obra. Também foi muito importante o papel de João Jorge de Souza e Jesuel de Freitas. Sem eles, nada disso aconteceria. Eles sabem o que estou dizendo, eles sabem que o projeto era mais amplo do que simplesmente a estrutura colocada pelo governo do Estado.
Que este relato sirva de ideia aos atuais mandatários da cidade. Ainda é possível fazer a nossa parte!
(Diego De Nadai é ex-prefeito de Americana)

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE