Eleição vai parar na polícia em Americana

A Gama e a Polícia Militar apreenderam, na manhã desta terça-feira, 70 mil exemplares de material difamatório contra o candidato a prefeito de Americana, Chico Sardelli.

Os panfletos tinham assinatura e CNPJ de uma candidata da chapa de Maria Giovana Fortunato e estavam sendo distribuídos no bairro Morada do Sol. O caso resultou em boletim de ocorrência e foi parar na Justiça Eleitoral.

A apreensão ocorreu depois que moradores identificaram a distribuição e acionaram as autoridades. No momento da apreensão, o responsável pela distribuição, que também é candidato a vereador na chapa de Maria Giovana, chegou a ligar para um membro da coordenação de campanha da candidata, que não compareceu ao local.

Depois, na delegacia, alguns membros da campanha de Maria Giovana chegaram para acompanhar o caso.

Grande quantidade do material foi encontrada em uma casa no Jardim dos Lírios, o material foi apreendido pela Polícia Civil.

“É lamentável que uma candidatura que pregue tanto o novo esteja incentivando um ataque tão baixo e covarde. São as mesmas velhas práticas do passado. Nossa campanha vem lidando com notícias falsas e ataques baixos desde o primeiro dia, e isso não vai nos abalar”, disse Chico.

Chico já obteve seis vitórias contra fake news e ataques no meio digital.

 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE