Eike Batista tem prisão decretada

O empresário Eike Batista é alvo de operação da polícia federal nesta quinta-feira, no Rio de Janeiro. A investigação envolve a ocultação de US$ 100 milhões no exterior. 
Eike teve a prisão preventiva decretada pela Justiça, mas não estava em sua casa por volta das 6h, quando os policiais foram buscá-lo. Ele vai se entregar segundo informou sua defesa, mas, neste momento é considerado foragido. A prisão preventiva é por tempo indeterminado. 
A operação batizada de Eficiência é um braço da Lava-Jato e tem como alvo também o ex-governador Sérgio Cabral, que já está preso. A polícia cumpriu, ainda, mandado de condução coercitiva contra a ex-mulher dele, Suzana Melo Cabral, na Lagoa Rodrigo de Freitas. Outro alvo é o irmão do ex-governador, Maurício Cabral Santos. Eles são suspeitos de se beneficiar de um esquema de corrupção no Rio de Janeiro. 
Presos
O vice-presidente de futebol do Flamengo, Flávio Godinho foi preso. Ele é considerado um ex-braço direito de Eike. Também foi preso Thiago Aragão, ex-sócio da esposa de Cabral.
A operação é conduzida pela polícia federal e o Ministério Público Federal, com apoio da Receita Federal. ?? também um desdobramento da operação Calicute, deflagrada em novembro de 2016. 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE